Com seus últimos lançamentos, a Harley-Davidson se mostrou preocupada em abranger novos públicos, porém, algumas atitudes da marca mostram que os apaixonados pelo bom e velho design clássico custom não têm o que temer; há espaço para todos no futuro da montadora. Acompanhe o post de hoje e entenda por que a Electra Glide Standard pode ser uma ótima opção para você.

O lançamento

Recentemente, a Harley-Davidson apresentou ao público norte-americano o novo modelo da Electra Glide Standard, que tem tudo para acertar em cheio o coração dos motociclistas fãs da marca. Isso por que a nova integrante da família Touring é, além de ser a opção de entrada, uma motocicleta com ares consagrados, que remetem às raízes não só da Harley como um todo, mas também à primeira moto que levou o mesmo nome.

Harley por essência

A já consagrada carenagem frontal em formato de asa de morcego mostra de cara que os fãs da família Touring estarão em casa com essa motocicleta, que conta também com as malas laterais rígidas e vários itens cromados. Alguns refinamentos presentes na Electra Glide foram suprimidos, tornando a versão Standard uma opção mais minimalista. Sai o sistema de entretenimento, com o painel e tela digital, que são substituídos por um porta-luvas.

Motorização e tecnologia

Diferente da legislação brasileira, a americana não obriga as fabricantes a equipar as motocicletas  acima de 300 cilindradas com o sistema que impede o travamento das rodas nas frenagens. Por isso, o ABS por lá é opcional, mas o piloto automático foi mantido. O motor é o já conhecido Milwaukee-Eight 107, bicilíndrico em V de 1.746 cm³ capaz de gerar 15,3 kgf.m (quilograma força vezes metro) de torque máximo em 3.250 rpm (rotações por minuto). O tanque tem capacidade para aproximadamente 22,7 litros e o peso da moto é de 354 kg a seco.

Vinda para solo brasileiro

Nos Estados Unidos, a Electra Glide Standard custa a partir de US$ 18,999, ao acrescentar os freios ABS como opcionais, o preço se eleva em US$ 795.o equivalente a cerca de R$ 73.000, o que faz dela uma bagger mais acessível, frente aos 19.289 dólares da pela Road King e os 21.289 dólares cobrados pela Street Glide. No entanto, a Harley-Davidson ainda não confirmou a vinda do novo modelo para o Brasil, apesar de ser uma decisão provável nos próximos meses.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o recém anunciado lançamento da montadora de Milwaukee? Enquanto ela não chega por aqui, que tal dar uma olhada nas outras integrantes da família Touring no nosso site?

=Acompanhe a Brasília Harley-Davidson também pelas redes sociais Instagram e Facebook!


Deixe um comentário

Brasília Harley-Davidson foi ponto de encontro do Easy Harley Festival


Ler mais

Frenagem segura com uma Harley-Davidson: dicas para iniciantes e experientes


Ler mais

Presente para a liberdade: Dia Nacional do Motociclista


Ler mais

Velas de ignição: dicas de manutenção


Ler mais